fbpx Skip to main content

Troca iônica

Utilizada em sistemas que visam redução de condutividades elétrica e de sais/sólidos dissolvidos na água.

Como funciona o processo

As resinas de troca iônica são copolímeros sintéticos, com grupos funcionais ativos que absorvem íons (catíons ou aníons) de uma solução, e os substituem por quantidades equivalentes de outros íons da mesma carga de acordo com uma escala de seletividade, ou seja, preferência iônica.

Entenda a troca iônica

Portanto, os íons presentes nas águas serão eliminados por resinas, sendo os cátions pelas resinas catiônicas e os aníons pelas resinas aniônicas. A regeneração destas resinas ocorre após a saturação das mesmas através da lavagem das mesmas com ácido clorídrico (resina catiônica), hidróxido de sódio (resina aniônica) ou cloreto de sódio (resina catiônica para abrandamento).

Aplicações

As resinas de troca iônica são dimensionadas para eliminar sais dissolvidos na água, como por exemplo: Dureza, Ferro, Sílica, Sódio, Potássio, Sulfatos, Cloretos, Nitratos, Nitritos, Manganês, dentre outros íons.

O uso de sistemas de troca iônica é muito difundido para tratamento de água para caldeiras, torres de resfriamento, polimento de água de osmose reversa, reuso e outros sistemas que visam redução de condutividades elétrica e de sais/sólidos dissolvidos na água.

Fale com um especialista TEGA

Quem confia na TEGA