fbpx Skip to main content
Projetos Realizados

Tratamento de efluentes para descarte.

By 16/03/2020junho 2nd, 2022No Comments

Como proteger a natureza dos descartes de resíduos líquidos, e também atender a legislação e requisitos, cada dia mais fiscalizados através das leis federais, estaduais e municipais? Este foi o desafio do nosso cliente, responsável por uma rede de postos, com unidade localizada na região de Campinas (SP). O problema foi solucionado com o tratamento de efluentes para descarte é feito através do direcionamento dos resíduos líquidos para ETE’s.

Quando se descarta diretamente no meio ambiente, sem os devidos tratamentos, além de trazer inúmeros malefícios à natureza, também é proibido por diversos decretos, como o Decreto Estadual 8.468:1976, Artigo 18.

Neste projeto o cliente já contava com uma ETE instalada e o objetivo foi fazer um Retrofit (modernização), para o tratamento de efluentes e cumprimento do decreto mencionado acima.

Confira o projeto no YouTube

Detalhes do processo de tratamento de efluentes através do retrofit da ETE instalado

  • Gradeamento:

    Efetua a retenção de sólidos grosseiros, como plásticos, tecidos, galhos, folhas e etc, para evitar problemas de entupimentos em bombas e tubulações;

  • Caixa de areia retangular de canal paralelo: Remove areia ou material inorgânico inerte, com rápida velocidade de sedimentação. Evita o assoreamento dos tanques e entupimentos em bombas e tubulações;

  • Calha parshall: Dispositivo que controla a velocidade do fluxo no canal da caixa de areia. Também possui a finalidade de medir a vazão afluente a ETE;

  • Estação elevatória de esgoto sanitário: Poço onde é recebido o esgoto sanitário bruto. Possui a função de transferir o esgoto bruto através de bombas de recalque para as etapas de tratamento;

  • Sistema de tratamento biológico: Composto pela associação de reator anóxico (remoção de nitrogênio total), aeróbio (remoção de matéria orgânica) e decantação secundária convencional; e,

  • Sistema complementar Físico-Químico: Unidade destinada a remover composto de P (fósforo) através da aplicação de coagulante, removendo também carga orgânica residual.

Benefícios do projeto

Com este projeto de retrofit de ETE para tratamento de efluentes o cliente teve como benefícios:

  • Aumento da eficiência do sistema;

  • Remoção de Nitrogênio e Fósforo, contribuindo assim para manutenção da qualidade do corpo receptor;
    Alto nível de automação;

  • Monitoramento remoto, permitindo manobras operacionais à distância bem como a avaliação do sistema em tempo do real;

  • Descarte do esgoto tratado, atendendo requisitos do Decreto, em um córrego sem causar danos ao mesmo.

Solicite o orçamento e saiba mais sobre o tratamento e descarte de efluentes